MG

A marca britânica MG (Morris Garages) foi fundada em 1924 por William Morris e Cecil Kimber. A MG começou como uma revendedora de automóveis da Morris Cars. Mais tarde começou a criar versões desportivas dos modelos da Morris Cars, passando a construir os seus próprios modelos poucos anos depois.


Nos anos 30 a MG começou a ganhar notoriedade devido à sua participação na competição automóvel.


Em 1935 a MG é vendida à Nuffield Organisation e em 1952 esta junta-se à Austin Motor Company, dando início à BMC (British Motor Corporation). Por esta altura a MG, à excepção dos seus carros desportivos, não lançava mais do que carros de outras marcas do grupo BMC, aplicando neles o seu logótipo.


A MG começa a tornar-se conhecida pelos seus automóveis desportivos, devido à série T e a modelos como o MG TF. Em 1955 chega aquele que se tornou num dos ícones da MG, o MGA. Criado para substituir a série T, veio por um ponto final na imagem antiga dos modelos desportivos da marca e lançar a MG para a era moderna de desportivos.


Em 1961 é lançado o MG Midget e em 1962 o MG MGB com um motor de 1800 cc. A nova versão do MGA foi um autêntico sucesso de vendas, devidas às suas linhas inovadoras e apetência desportiva.


Em 1968 a BMC funde-se com a Leyland Motor Corporation para dar início à BL (British Leyland). A BL cessou toda a produção de modelos MG, mas anos mais tarde recorreu ao seu nome e imagem para lançar o MG Metro 1300. Mais tarde foi adicionada uma versão turbo, fazendo com que o modelo fosse um sucesso de vendas.


Em 1982 a BL cria a sua divisão automóvel, a Austin Rover Group. Em 1988 o grupo é comprado pela British Aerospace e em 1994 volta a ser comprada, agora pela BMW.


Em 1995 a MG regressa à produção de automóveis desportivos com o MGF, depois de muitos anos de ausência.


Em 2000 a BMW depois de perdas financeiras com o grupo Rover, vende o grupo, passando agora a chamar-se MG Rover. Um ano depois a MG lança os modelos ZR, ZS, ZT e ZT-T baseado nos Rover 25, 45 e 75, respectivamente. Estes modelos não eram nada mais que versões tuning dos modelos Rover. Com o lançamento destes modelos a MG conseguiu uma grande aceitação no mercado, ficando o MG ZR muito conhecido em Portugal.


Em 2002 é lançado o MG TF, nada mais que uma nova versão do MGF. A ausência de mudanças drásticas com o anterior modelo fez com que o MG TF fosse um sucesso de vendas.


Em 2005 a MG Rover deixa de produzir e nesse mesmo ano é comprada pela NAG (Nanjing Automobile Group), uma empresa chinesa.


Recentemente em 2007 a NAG anunciou o recomeço da produção de automóveis da marca MG no Reino Unido.

© 2019 - 2020 Top Clássicos - Todos os direitos reservados - topclassicos@gmail.com